Home Destaque Estado de São Paulo aumenta medidas restritivas para brecar o crescimento da pandemia

Estado de São Paulo aumenta medidas restritivas para brecar o crescimento da pandemia

por Redação

Autoridades estão em alerta para o crescimento expressivo de casos, mortes e internações pela covid-19

O Estado de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (22/1) um novo conjunto de medidas para conter o crescimento do coronavírus. As principais regras, que entram em vigor a partir dia 25 de janeiro, são: o endurecimento do parâmetro de taxa de ocupação de leitos de UTI para a fase vermelha, que diminui de 80% para 75%; a proibição de qualquer cidade ser classificada nas fases amarela e verde até o dia 8 de fevereiro; e a implantação da fase vermelha em todo o Estado – etapa que privilegia o funcionamento somente das atividades econômicas essenciais – durante a semana inteira, das 20h às 6h.

O governador de SP, João Doria, também confirmou a abertura de 765 novos leitos de UTI no Estado – sendo 306 nos hospitais públicos da cidade de São Paulo, 450 de enfermarias e ainda a reativação do Hospital de Campanha de Heliópolis. Devido ao crescimento da pandemia, a Secretaria Estadual de Educação SP suspendeu a obrigatoriedade da presença física dos alunos da rede estadual que moram nas cidades localizadas nas fases laranja e vermelha do Plano São Paulo.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais