Home Destaque Governador de São Paulo amplia restrições no Estado para conter o aumento da covid-19

Governador de São Paulo amplia restrições no Estado para conter o aumento da covid-19

por Redação

Novas regras e horários de funcionamentos valem para todos os setores

Nesta segunda-feira (30/11), o governador de São Paulo, João Doria, confirmou que o Estado inteiro regrediu para a “fase amarela” do plano de contingência de enfrentamento ao coronavírus, a partir da piora dos indicadores relacionados à pandemia, principalmente no que se referem ao aumento de novos casos, do número de internações e das mortes por causa do vírus.

“A medida [regressão à “fase amarela”] não fecha comércio, bares, restaurantes e nem as atividades econômicas. É mais restritiva para evitar aglomerações e o aumento do contágio da covid-19”, explicou Doria. O governador de São Paulo também reforçou a importância da população de seguir os protocolos implantados para que o cenário não se agrave ainda mais “Precisamos ter cautela, paciência e resiliência e compreensão. Evitem aglomerações, usem máscara e lavem as mãos. A covid-19 não foi embora. O vírus ainda está presente. Se não tomarmos medidas de cautela, teremos um aumento no número de óbitos”, alertou João Doria.

As principais regras para o atendimento presencial em todo o Estado de São Paulo durante a “fase amarela” incluem: capacidade limitada a 40% de ocupação para todos os setores; funcionamento máximo limitado a 10 horas por dia; operação dos estabelecimentos permitida até às 22h; e a proibição de eventos com público em pé.  Durante a coletiva de imprensa no palácio do governo, Doria aproveitou para confirmar que a programação para o retorno escolar está mantida e confirmou que as escolas não serão fechadas.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais