Home Informações do Governo Saúde na Hora: mais 228 unidades de saúde podem ampliar horário de atendimento

Saúde na Hora: mais 228 unidades de saúde podem ampliar horário de atendimento

por Ministério da Saúde

ATENÇÃO PRIMÁRIA

Programa do Ministério da Saúde permite que a população tenha mais flexibilidade para acessar os serviços ofertados nos estabelecimentos, como consultas médicas e odontológicas

O Ministério da Saúde homologou mais 228 Unidades de Saúde da Família (USF) para o programa Saúde na Hora, que permite que os estabelecimentos funcionem em horário estendido. A iniciativa do Governo Federal repassa recursos financeiros aos municípios, garantindo que a população tenha mais flexibilidade para acessar os serviços ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), como consultas médicas e odontológicas, coleta de exames laboratoriais, aplicação de vacinas, pré-natal, entre outros.

A adesão das unidades de saúde foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira (21/09) pela Portaria Nº 2.502. Os estabelecimentos estão espalhados em 112 municípios de 22 estados. A lista completa dos beneficiados pode ser consultada aqui. Com o programa, o funcionamento dessas unidades de saúde pode ser ampliado para o turno da noite ou nos finais de semana, reduzindo o volume de pacientes menos graves em unidades de pronto atendimento e emergências hospitalares. Até o momento, 2.599 unidades de saúde foram habilitadas no programa em 595 municípios brasileiros.

O programa Saúde na Hora foi lançado pela Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde em maio de 2019 e passou por atualizações em março de 2020 com a criação do formato de 60 horas simplificado que exige pelo menos duas equipes de saúde. O projeto viabiliza o custeio aos municípios e Distrito Federal para implantação do horário estendido de funcionamento das Unidades de Saúde da Família (USF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS).

REFORÇO NA PANDEMIA

Por conta da pandemia do coronavírus, o programa Saúde na Hora foi expandido para as unidades de saúde com apenas uma equipe, sem necessidade de adesão. O recurso é excepcional e temporário para o período de emergência de saúde pública.  Com a medida, todas as unidades poderão receber incentivo financeiro federal se funcionarem de 12 a 15 horas diárias e comprovarem parâmetros assistenciais.

Dessa forma, há quatro tipos de formato de funcionamento em horário ampliado: USF com 60 horas semanais, USF com 60 semanais horas com Saúde Bucal, USF com 75 horas semanais com Saúde Bucal e USF ou UBS com 60 horas semanais simplificado. O valor do auxílio financeiro enviado por mês varia de R$ 15 mil até R$ 59,8 mil.

Por Marina Pagno
Ministério da Saúde
(61) 3315-3580 / 2351 / 2745

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais