Home Avanços Vacina italiana começa a ser testada em voluntários

Vacina italiana começa a ser testada em voluntários

por Redação

A partir desta segunda-feira (24/8), grupo de 90 pessoas receberá imunizante em um hospital de Roma

A Itália confirmou que começará a testar em humanos a vacina criada pela farmacêutica italiana ReiThera, a partir de pesquisas pré-clínicas realizadas, com sucesso, in vitro e em animais que mostraram uma resposta imunológica significativa em relação à segurança do imunizante contra o novo coronavírus.

Os voluntários submetidos às doses serão divididos em dois grupos de 45 integrantes, formados por indivíduos entre 18 e 55 anos e 65 e 85 anos. A expectativa das autoridades italianas é de que os testes durante a fase 1, conduzidos pelo Instituto Nacional de Doenças Infecciosas Lazzaro Spallanzani, na capital Roma, ocorram por seis meses.

Caso os resultados sejam positivos, a segunda etapa poderá ser realizada com a participação de um grupo maior, possivelmente ampliando a amostra com inclusão de indivíduos de outros países. De acordo com a plataforma da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos (EUA), a Itália registra mais de 260 mil casos de Covid-19 e 35 mil mortes por causa da doença.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais