Home Avanços Vacina russa pode garantir imunidade por dois anos contra Covid-19

Vacina russa pode garantir imunidade por dois anos contra Covid-19

por Redação

Registrada na semana passada pelo governo russo, imunizante ainda não publicou estudos que atestem eficácia e segurança exigidas pela comunidade científicas internacional

Batizada de “Sputnik V”, a primeira vacina registrada no mundo contra a Covid-19 pode oferecer uma proteção de pelo menos dois anos. O anúncio para confirmar a projeção foi feito, nesta quinta-feira (20/8), pelo desenvolvedor do imunizante, o Instituto Gamaleya, localizado em Moscou, na Rússia.

As autoridades envolvidas no projeto também confirmaram que a vacina será testada em 40 mil pessoas, que moram em território russo, durante a fase 3 de ensaios clínicos. A expectativa é de que a imunização em massa ocorra em outubro, seguida pelo processo de exportação, programado para novembro deste ano.

Mesmo sem os estudos exigidos pela comunidade científica internacional, a vacina russa já tem um parceiro brasileiro. O governo do Paraná fechou uma parceria com os russos para desenvolver o imunizante que ainda não tem nenhum teste clínico aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais