Home Informações do Governo Ministro da Saúde inaugura hospital de campanha no Acre

Ministro da Saúde inaugura hospital de campanha no Acre

por Ministério da Saúde

COVID-19

A unidade vai oferecer à população 100 novos leitos para reforçar a assistência hospitalar para o tratamento de pacientes com coronavírus na capital Rio Branco

O Ministro da Saúde interino, Eduardo Pazuello, inaugurou nesta segunda-feira (15), o Hospital de Campanha de Rio Branco, no Acre. A unidade é anexada ao Instituto de Traumatologia e Ortopedia (INTO) e será exclusiva ao atendimento de pacientes infectados com a Covid-19. A estrutura tem mil metros quadrados e conta com 100 novos leitos de enfermaria, além de posto de enfermagem, farmácia, entre outros espaços. Após a pandemia, a unidade ficará disponível para ser utilizada pela saúde pública do Acre, reforçando atendimentos e aumentando o número de leitos hospitalares na capital.

O ministro também acompanhou a inauguração de nova ala do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO), com 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) voltados exclusivamente para atendimento aos pacientes graves com Covid-19. Atualmente, o espaço é formado por quatro centros cirúrgicos e 30 leitos de UTI. Após a pandemia, a unidade terá um total de 50 leitos de UTI para atender pacientes de cirurgias eletivas.

Após a agenda em Rio Branco, ainda na segunda-feira (15), o ministro da Saúde interino visitou o Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, no município de Cruzeiro do Sul (AC). A unidade está anexada ao Hospital Regional do Juruá e será inaugurada nos próximos dias pelo governo do estado. A estrutura, que também é voltada a pacientes com coronavírus, tem 60 leitos de enfermaria, 20 unidades semi-intensivas e 10 leitos de UTI, ala de emergência, sala de prescrição médica, sala de triagem, área de plantonista, duas salas de repouso médico, uma sala para depósito de material de limpeza, vestiário e copa. Após a pandemia, o hospital irá reforçar a assistência da rede pública de saúde do Acre.

REFORÇO AO ACRE

O Governo do Brasil, por meio do Ministério da Saúde, repassou ao Acre este ano R$ 265,2 milhões. Desse total, a capital Rio Branco recebeu R$ 21,2 milhões e os demais municípios R$ 67,9 milhões. Somente para o combate à Covid-19, a pasta liberou R$ 59,3 milhões ao estado. Além dos repasses de recursos, foram habilitados 30 leitos de UTI para Covid-19, sendo 10 no Hospital Geral de Rio Branco, 10 no Hospital Geral de Clínicas de Rio Branco e 10 para o Hospital Regional do Juruá, no município de Cruzeiro do Sul.

O Acre recebeu ainda 60 ventiladores pulmonares, sendo 50 de UTI e 10 de transporte, para auxiliar a assistência hospitalar a pacientes graves, infectados pelo coronavírus, que apresentam dificuldades respiratórias e necessitam ser transportados.

Até o dia 12 de junho, o estado recebeu também 472,6 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para uso de profissionais de saúde na linha de frente da pandemia: 2,4 mil litros de álcool gel, 14,1 mil aventais descartáveis, 109,7 mil pares de luvas, 13,7 mil máscaras N95, 252,7 2 máscaras cirúrgicas com três camadas, 290 óculos de proteção, 3 mil pares de sapatilhas descartáveis, 69,6 toucas e 7 mil protetores faciais.

As aquisições dos EPIs e ventiladores pulmonares são de responsabilidade dos estados e municípios. Mas, diante do cenário de emergência em saúde pública por conta da pandemia do coronavírus, o Ministério da Saúde utilizou o seu poder de compra para fazer as aquisições em apoio irrestrito aos gestores locais do Sistema Único de Saúde (SUS).

Saiba mais sobre coronavírus acessando nossa página especializada

Por Silvia Pacheco, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa
(61) 3315-2745/2351

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais