Home Últimas Notícias Plataforma auxilia no mapeamento de regiões mais atingidas pela COVID-19

Plataforma auxilia no mapeamento de regiões mais atingidas pela COVID-19

por Redação

Projeto de estudante de medicina da Universidade Federal do Paraná (UFPR) tem algoritmo validado pelo Ministério da Saúde

Com o objetivo de gerar informações para a população e as autoridades públicas sobre o impacto da pandemia causado pelo novo coronavírus, o estudante de medicina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Faissal Nemer Hajar, desenvolveu a plataforma “Juntos Contra o COVID”, que reúne dados epidemiológicos sobre a evolução da doença pelo Brasil.

De fácil navegação, a ferramenta funciona a partir da elaboração de um questionário, criados pelos professores Valderílio Feijó e Miguel Morita, da UFPR. De maneira colaborativa, as pessoas respondem e compartilham seus relatos por meio do preenchimento de um formulário clínico com questões relacionadas ao contato dos indivíduos com vírus, tais como avaliação do estado de saúde, frequência proximidade com infectados pelo vírus, viagens feitas para países com alta incidência da doença nos últimos 14 dias etc.

O sistema utiliza um algoritmo validado pelo Ministério da Saúde e pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que gera um mapa com o índice de risco da COVID-19 por região – classificado como alto, médio ou baixo. No painel de navegação da plataforma, o usuário ainda pode localizar, por meio de uma lupa, a situação de qualquer cidade do Brasil. Para isso, basta digitar o nome do município para que ferramenta mostre as informações completas relacionadas à localidade.

Iniciado em março deste ano, o projeto já possui um grupo de trabalho formado por professores e colaboradores de companhias multinacionais que se disponibilizaram a contribuir de maneira voluntária.  A plataforma é atualizada a cada cinco minutos e está disponível no endereço: https://juntoscontraocovid.org/.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais