Home Informações do Governo Ministério da Saúde e Estado do Amazonas atuam juntos no enfrentamento à COVID-19

Ministério da Saúde e Estado do Amazonas atuam juntos no enfrentamento à COVID-19

por Ministério da Saúde

SAÚDE INDÍGENA

Governo Federal se colocou à disposição do estado e município para auxiliar no envio de insumos e capacitação de profissionais de saúde para atendimento à população indígena

O secretário Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Robson Santos da Silvia, se reuniu, nesta segunda-feira (25), com representantes do Estado do Amazonas e município de Manaus para fortalecimento das ações de combate ao coronavírus no atendimento aos povos indígenas. O Governo Federal se colocou à disposição do estado e município para auxiliar no envio de insumos e capacitação de profissionais de saúde para atendimento à população indígena.

“Nosso objetivo aqui é salvar vidas e, por isso, trabalhamos juntos para aprimorar o nosso atendimento e anunciar outras medidas importantes que se somam àquelas já adotadas pelo Governo Federal para o apoio às populações indígenas do Amazonas e do Brasil”, disse Robson, que destacou, na ocasião, o diálogo como ferramenta fundamental para fortalecimento da saúde indígena.

A reunião ocorreu na sede do Distrito Sanitário Especial Indígena Manaus (DSEI), na capital amazonense, e contou com a presença de representantes do Estado e município, Funai, Conselho Distrital de Saúde Indígena (CONDISI) e Ministério Público Federal (MPF). Atualmente, o município de Manaus concentra a maior população indígena do Brasil.

AÇÕES DE SAÚDE PARA COMBATE AO COVID NA POPULAÇÃO INDÍGENA

Desde janeiro deste ano o Ministério da Saúde vem implementando diversas ações de informação, prevenção e combate ao Coronavírus (COVID-19) para orientar as comunidades indígenas, gestores e colaboradores em todo o Brasil. Com a atual expectativa do crescimento de infecções pelo COVID-19 no Brasil, os esforços do Ministério da Saúde, por meio da SESAI, juntamente com os 34 Distritos Sanitários Especiais (DSEI), têm se redobrado para garantir a saúde dos povos indígenas.

A detecção e correção de possíveis problemas e a realização de novas ações, baseadas nos protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde para o combate ao Coronavírus, respeitando as especificidades dos povos indígenas, têm sido frequentes. O Governo Federal permanece trabalhando para atender aos mais de 800 mil indígenas aldeados e presentes em todo o País.

Para isso, vem orientando atenção máxima às equipes multidisciplinares de saúde indígena e demais profissionais que atuam para o cumprimento do Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo Novo Coronavírus em Povos Indígenas.

ENVIO DE INSUMOS E EPIS

O Ministério da Saúde já enviou três remessas de insumos aos DSEIs, totalizando mais de 400 mil itens. As duas primeiras remessas foram enviadas no mês de abril e a terceira remessa no início de maio. A SESAI enviou aos DSEIs, até o momento, 183.400 unidades de máscara cirúrgica; 25.790 unidades de máscara N95; 166.100 unidades de luvas de procedimento descartáveis; 11.332 unidades de avental cirúrgico descartável;  5.800 unidades de touca descartável; 126 unidades de Álcool em Gel 70% (250mL);  5.664 unidades de Álcool em gel 70% 500mL; 3 unidades de Álcool em gel 70% 5L; 12 unidades de Álcool em gel 70% 1L; 111 unidades de Óculos de proteção e 10.580 unidades de Testes Rápidos para COVID-19.

Todos estes insumos complementam os estoques próprios dos 34 DSEIs, que também mantêm processos permanentes de aquisição de equipamentos, possibilitando, assim, que todos os colaboradores e, consequentemente, os indígenas estejam devidamente protegidos.

Por Amanda Mendes, da Agência Saúde

Atendimento à imprensa

(61) 3315-2745/2351

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais