Home Últimas Notícias COVID-19 cresce pelo interior do Brasil

COVID-19 cresce pelo interior do Brasil

por Redação

Cidades menores recorrem a municípios com maior capacidade hospitalar para atender a demanda

Mais de 1.000 cidades brasileiras já registraram óbitos pela COVID-19. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul são os que apresentam os níveis mais expressivos de contágio. O avanço do coronavírus além das capitais – para municípios com populações menores -, preocupa as autoridades de saúde por conta da baixa capacidade hospitalar dessas regiões que, sem uma infraestrutura adequada, pedem ajuda de cidades maiores para atender os pacientes.

Nos últimos 45 dias, o coronavírus se espalhou para todas as regiões do Estado de São Paulo e o número de infectados aumentou 2.532%, de acordo com dados oficiais do governo paulista. No Estado do Rio de Janeiro, 93,5% dos municípios já notificaram casos da doença.

“Essa interiorização da COVID-19 é um fato e deve ocorrer em todo o Brasil. Para minimizar isso, temos que adotar logo medidas baseadas em critérios técnicos e pautadas por profissionais de saúde”, diz o infectologista Estêvão Portela, pesquisador da Fiocruz e consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

Com base em projeções elaboradas pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), o bloqueio total (lockdown) pode ser necessário se não ocorrer o isolamento social adequado. A taxa de contágio registrada no Estado de São Paulo (do dia 10 de abril até 10 de maio) mostra que 100 infectados podem transmitir o vírus para até 150 pessoas.

“Precisamos trabalhar com dados consistentes e nos fundamentarmos para evitar o colapso das redes hospitalares, já que essa doença tem uma grande velocidade de propagação”, afirma Raquel Stucchi, infectologista da Unicamp.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais