Home Informações do Governo Ministério da Saúde já distribuiu 6,9 milhões de testes para COVID-19

Ministério da Saúde já distribuiu 6,9 milhões de testes para COVID-19

por Ministério da Saúde

CORONAVÍRUS

Foram distribuídos aos estados de todo o país 2,1 milhões de testes RT-PCR e 4,7 milhões de testes rápidos. A medida faz parte da estratégia Diagnosticar para Cuidar, plano criado pelo Ministério da Saúde para testar cerca de 22% da população brasileira

O Ministério da Saúde segue em constante esforço para ampliar a testagem da COVID-19 na rede pública de saúde por meio da disponibilização de novos testes, seja por compra direta ou por meio de doações. Até esta terça-feira (12), 6,9 milhões de testes já foram distribuídos aos estados brasileiros, sendo 2,1 milhões de RT-PCR (biologia molecular) e 4,7 milhões de testes rápidos (sorologia).

A medida faz parte da estratégia Diagnosticar para Cuidar, plano criado pelo Ministério da Saúde para a realização de 46 milhões de testes de COVID-19 neste ano, o que vai representar cerca de 22% da população brasileira. Dividido em duas frentes, a ação Confirma COVID-19 utiliza o teste de biologia molecular, o RT-PCR, em até sete dias do início dos sintomas, ou seja, quando o vírus está agindo no organismo do paciente. Nessa frente, são testadas apenas as pessoas com sintomas da doença, sejam leves, moderados ou graves.

A segunda frente é o “Testa Brasil”, que pretende alavancar o uso dos testes rápidos (sorologia) no país para entender a progressão do vírus nacionalmente. Esse teste identifica a resposta do organismo à infecção pela COVID-19, ou seja, o anticorpo. Ele deve ser feito a partir do oitavo dia de início dos sintomas, tempo suficiente para que o organismo desenvolva defesa contra o vírus. Serão testadas as pessoas com sintomas da doença.

Já as pessoas sem sintomas da doença serão testadas por meio de inquéritos como a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Ministério da Saúde. Assim, todas as pessoas entrevistadas para o estudo serão testadas com o teste rápido.

TESTAGEM AMPLIADA

O Ministério da Saúde ampliou de 23,9 milhões para 46,2 milhões a previsão de aquisição de testes. Deste total, são 24,2 milhões de testes RT-PCR (biologia molecular) e 22 milhões de testes rápidos (sorologia). A iniciativa faz parte dos esforços do Ministério da Saúde na busca de novas compras no mercado nacional e internacional para ampliação da testagem do coronavírus no Brasil.

Distribuição de testes para COVID-19 11/05/2020

UF

Testes rápidos (sorologia)

RT-PCR (biologia molecular)

DF

85.700

83.788

GO

118.940

57.136

MS

53.060

66.352

MT

56.480

44.928

AC

17.480

40.444

AP

15.300

48.740

AM

176.930

55.768

PA

172.940

99.628

RO

31.460

50.536

RR

10.180

54.544

TO

39.180

44.024

AL

71.180

54.724

BA

274.640

68.944

CE

225.480

71.928

MA

117.440

51.652

PB

83.300

54.988

PE

177.340

82.240

PI

65.240

49.476

RN

68.880

61.128

SE

52.060

71.408

SP

1.192.700

201.248

RJ

448.740

328.008

MG

441.600

124.072

ES

75.160

61.208

SC

173.920

69.360

RS

289.920

69.504

PR

233.720

72.784

BRASIL

4.768.970

2.138.560

 

Para saber mais sobre coronavírus acesse nossa página especial

Por Luísa Schneiders, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa
(61) 3315- 3580 / 2745

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais