Home Últimas Notícias Após retomar algumas atividades, Santa Catarina registra aumento de casos da COVID-19

Após retomar algumas atividades, Santa Catarina registra aumento de casos da COVID-19

por Redação

Retorno de funcionamento de alguns estabelecimentos impulsionam os casos de coronavírus

A flexibilização para o retorno de algumas atividades, anunciada dia 13 de abril, pelo Governo de Santa Catarina, não surtiu o efeito desejado pelas autoridades locais. Após um período de quarentena que durou três semanas, alguns setores – profissionais autônomos, shoppings, igrejas e academias -, voltaram a funcionar, mesmo com o Estado registrando um grande número diário de mortes por conta da COVID-19. Resultado: o número de infectados mais do que dobrou, passando de 1.170 no fim de abril para 2.519 no início de maio.

A decisão do Governo de Santa Catarina de encurtar a quarentena para foi crucial para a rápida aceleração da curva de casos registrados.

“Isso mostra que as medidas não surtiram efeitos positivos e precisamos ser bem mais ponderados. Esse aumento foi muito significativo”, diz a infectologista Renata Zomer, consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

O Ministério da Saúde atesta que qualquer medida adotada no combate ao coronavírus só será sentida sempre após 14 dias (considerado o tempo máximo de incubação do vírus). Na cidade Blumenau (SC), por exemplo, a flexibilização da quarentena, a partir da abertura de alguns shoppings, que gerou aglomerações, também provocou o aumento do número de casos da COVID-19.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais