Home Entenda o Coronavírus Incidência de transmissão do coronavírus é maior em adultos jovens

Incidência de transmissão do coronavírus é maior em adultos jovens

por Redação

A infectologista Nancy Bellei, consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) e pesquisadora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), sempre foi categórica em afirmar que o coronavírus chegaria ao Brasil e ainda cravou: “teremos novidades logo após o Carnaval”. Adotar as medidas necessárias no timing certo, segundo ela, é fundamental para diminuir a curva de transmissão.

A questão, explica a infectologista, é que as decisões precisam ser tomadas em cima de dados reais da epidemia. “Fechamos escolas e essa medida pode ser importante em um determinado momento como o que estamos atravessando agora. Mas é importantíssimo que o isolamento dos adultos jovens ocorra no tempo certo”, explica.

“Crianças são responsáveis por até 25% da transmissão. A maior incidência de transmissão está entre os adultos jovens, acima de 30 anos, que podem ter uma versão leve da doença, mas transmitem para os grupos de maior risco”, completa.

Por que o isolamento social é tão importante no combate ao coronavírus?

A maior incidência de transmissão do coronavírus está entre os adultos jovens acima de 30 anos. O fechamento das escolas, por exemplo, é uma medida que deve ser tomada em um dado momento, mas sabemos que tem preço altíssimo do ponto de vista educacional, social e econômico para as famílias. Não adianta fechar escolas e continuar com aglomerações, pessoas indo a bares, restaurantes, praias. As crianças são responsáveis por até 25% da transmissão do novo coronavírus, a grande incidência de transmissão está entre os adultos jovens. Justamente os que mais circulam. Por isso o isolamento social é fundamental.

O isolamento social funcionou até agora no Brasil?

Desde que surgiu a recomendação, o isolamento social não foi respeitado no Brasil. As pessoas continuam indo a praias, eventos sociais e aglomerações. E isso tem um papel importantíssimo para que continue a transmissão em adultos. As pessoas precisam entender que sem o isolamento social não conseguiremos controlar essa epidemia no País. Viajantes internacionais precisam fazer a quarentena, ficando afastados por 14 dias, independentemente de contato ou não com alguém que teve o coronavírus. Essas medidas precisam ser duramente respeitadas. Não adianta fechar escolas e as pessoas continuarem circulando, chegando de outros países e não realizando o isolamento.

Os dados apresentados até agora correspondem a realidade?

Não temos informações claras sobre os dados de transmissão local para, de fato, entender o que está acontecendo em relação ao coronavírus no Brasil. Há transmissão em que nível? Precisamos ter acesso real aos dados de transmissão para tomar decisões. Nós temos no País a rede sentinela de gripe e deveríamos computar esses dados para os casos de Covid-19. Lembrando que para o influenza em situações de epidemia as escolas devem ficar por oito semanas e não quinze dias. E também não sabemos se as medidas para o influenza valem para epidemia de Covid-19.

Os locais públicos precisam ser fechados?

Para controlarmos a situação, precisamos ter isolamento de viajantes mesmo sem sintomas por 14 dias, rede sentinela monitorando e incluindo dados sobre a epidemia no País, isolamento social e, paralelamente, fechamento dos locais públicos não essenciais, que são normalmente frequentados pelos adultos jovens.

Como a população deve agir, de fato, nesse cenário?

População deve evitar, ao máximo, frequentar lugares com aglomeração. Não importa se está no parque ou na praia. Não temos dados científicos nos dizendo que o comportamento do coronavírus é semelhante ao da influenza na questão da sazonalidade, por exemplo. Isso vale para outras partes do País onde já temos transmissão.

Posts Relacionados

1 comente

Marcio BiG Mattos 20 de março de 2020 - 13:29

#Doc,
Gostei muito. Formato leve e com conteúdo prático e com dados.
É isso que um site de utilidade pública deve ter.
Sugiro um link diário com suas lives.
BiGAbraços

Resposta

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais