Home Entenda o Coronavírus Coronavírus: não são férias, criança deve obedecer isolamento social

Coronavírus: não são férias, criança deve obedecer isolamento social

por Redação

Com o fechamento das escolas e mais recentemente dos shoppings na Grande São Paulo ─ medida que, dependendo das ações de enfrentamento do novo coronavírus, poderão ser tomadas também em outros Estados ─ o isolamento social se tornou fundamental.

Muitos pais, no entanto, ficam em dúvida sobre o que podem fazer com as crianças em casa e trabalhando ao mesmo tempo nesse período. Na prática, a regra é clara: isolamento social vale também para as crianças.

Isso significa que não adianta deixar a criança em casa e convidar o amiguinho, filho da vizinha do prédio, para brincar na sua casa. Assim como os pais, a criança deve ser mantida em casa sempre que possível sem contatos externos. Outro ponto importante: evitar ao máximo o contato de crianças pequenas com seus avós nas próximas semanas. O grupo de pessoas acima dos 60 anos é um dos mais sensíveis para o coronavírus. E a criança pode não apresentar sintomas, mas transmitir a doença para os mais vulneráveis.

Se a criança estiver com tosse ou coriza também não deve ter contato com amigos e parentes. Qualquer encontro neste período também deve ser acompanhado de todas as medidas de higienização, como lavar bem as mãos e utilizar o álcool gel.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais