Home Entenda o Coronavírus Acho que estou infectado com Covid-19: o que fazer?

Acho que estou infectado com Covid-19: o que fazer?

por Redação

Uma dúvida que está alarmando o público em relação ao coronavírus refere-se ao diagnóstico.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a hora certa de procurar o médico. A recomendação da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) é para que o paciente procure os serviços de saúde em locais onde já existe transmissão comunitária (São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia) somente nessas duas situações: quando tiver febre e um sinal respiratório importante: a falta de ar. Ou quando tiver falta de ar mesmo sem febre. Essa recomendação é para evitar sobrecarregar desnecessariamente neste momento os serviços de saúde e ampliar a transmissão. É importante lembrar também que já faltam testes e estes são muito necessários para os casos mais graves.

Nos casos de febre associada a outro sintoma (tosse, dor na garganta, congestão nasal, cefaleia, mal-estar, dor no corpo) o paciente deve ser monitorado em casa, cumprir o isolamento e tratar como um resfriado. Neste momento também não é recomendável, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o uso de medicamentos com ibuprofeno para o controle da febre. O paciente deve optar pelo paracetamol ou dipirona.

A situação acima vale para os estados que já possuem transmissão comunitária, como São Paulo e Rio de Janeiro, onde já não é mais possível identificar a origem da transmissão. Nesses estados, ainda é necessário informar as autoridades sobre qualquer viagem nos últimos 14 dias para Alemanha, Austrália, Camboja, China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, Filipinas, França, Irã, Itália, Japão, Espanha, Malásia, Singapura, Tailândia e Vietnã.

Nos estados em que ainda não temos a transmissão comunitária, pacientes com sintomas como febre e um sintoma respiratório (tosse, falta de ar, dor na garganta, congestão nasal, cefaleia, mal-estar, dor no corpo) devem procurar o serviço de saúde. Nesses estados, além de informar sobre viagens internacionais nos últimos 14 dias também é importante relatar viagens recentes para cidades do País que já possuem transmissão comunitária (São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia).

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais