Home Entenda o Coronavírus Qual a relação entre Ibuprofeno e outros anti-inflamatórios e o Coronavírus?

Qual a relação entre Ibuprofeno e outros anti-inflamatórios e o Coronavírus?

por Redação

O que sabemos até agora? De concreto muito pouco.

O Ministro da Saúde da França, Oliver Véran, pronunciou-se no Twitter, alertando para a utilização do Ibuprofeno ou do Cetoprofeno, ou dos Corticosteróides. Segundo o ministro francês essas substâncias poderiam levar ao agravamento do quadro de saúde das pessoas infectadas pelo novo Coronavírus – SARSCoV2 -, ou para aquelas que tenham sintomas da doença COVID19.

Depois do pronunciamento de Oliver Véran, os termos das substâncias citadas por ele, e também o termo Paracetamol, que foi recomendado pelo Ministro para ser usado no tratamento dos sintomas, se tornaram “Trend Topics” nas buscas na Internet.

Depois disso, a Organização Mundial de Saúde (OMS) chegou a emitir um comunicado não recomendando o uso do ibuprofeno. Mas depois também voltou atrás. Ou seja, na prática não existe um estudo científico que comprove malefícios relacionados à substância.

A Agência Espanhola de Medicamentos se pronunciou em 15 de março fazendo o seguinte alerta: “Não existe dado científico algum que permita afirmar que o agravamento da infecção pelo vírus SARSCoV2 com o uso de Ibuprofeno ou esteroides.”

Como esses medicamentos fazem parte de tratamento contínuo de algumas enfermidades, paciente algum deve deixar de tomar suas medicações prescritas, sem conversar antes com seus médicos.

O uso do Paracetamol para tratamento de febre deve ser feito dentro da prescrição habitual, não podendo ultrapassar 4 gramas por dia.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia Mais